Diferença entre CNH Social e CNH popular

anúncio

Apesar de terem iniciativas diferentes (privada e estatal) ambas são um programa que auxiliam aqueles pessoas que sonham em tirar a sua habilitação.

Conseguir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é um dos maiores sonho da maioria dos brasileiros.

Ela serve para trabalhar ou para usufruir da liberdade de dirigir por aí, pq é um sonho? Pq é caro para TENTAR tirar a CNH. E nesta materia você vai conhecer estas duas alternativas (CNH Social e a CNH Popular).

CNH Social

A CNH Social é um projeto social totalmente gratuito, e foi criado em 2008(se não me engano) e é realizado por alguns Departamentos Trânsito (DETRANS) em conjunto com o Governo do Estado.

Existem outros projetos como o de Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST SENAT) com o objetivo de inserção jovens de baixa renda no mercado de trabalho, sabe aquelas vagas que pedem CNH? Pra este objetivo que se criou isso, tanto na categoria A ou B. Desta forma aumenta a empregabilidade e a renda destas famílias. Também é possível solicitar, no programa CNH Social, solicitar a mudança de categoria de B para D.

Estão inclusos no programa a isenção das taxas do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), exames médicos e psicológicos, licença de aprendizagem, inclusão de Registro Nacional de Carteira de Habilitação (RENACH), cursos teórico e prático e agendamento de provas teórica e prática (e caso você tome bomba, em alguns estados você pode fazer até três re-teste).

Uma carteira de motorista gira em torno 2 mil a 3 mil reais (valores podem varias conforme cada estado).

Podem se candidatar ao programa jovens (entre 18 e 25 anos) que já concluíram o Ensino Médio em escola pública, moradores da área urbana e rural;
Pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico);
Mais informações CLIQUE AQUI!

CNH Popular

O CNH Popular é um programa de iniciativa privada que tem como objetivo democratizar o processo de habilitação. Para tanto, o projeto, que tem oito anos e já atingiu mais de 100 mil pessoas, oferece condições de pagamento e valores diferenciados para os consumidores de baixa renda.

anúncio

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
This div height required for enabling the sticky sidebar