Vale a pena um consórcio? Conheça agora!

anúncio

O consórcio vale a pena? Descubra se este método alternativo de financiamento e empréstimo é adequado para você!

O consórcio vale a pena? Conheça agora!

O setor de consórcios está em constante crescimento. No primeiro trimestre de 2020, as vendas aumentaram 9,7%.

Porém, para muitas pessoas que pensam em contratar esse tipo de crédito, a pergunta é: O consórcio vale a pena?

Para obter a resposta a esta pergunta, continue lendo este artigo!

O que é um consórcio?

O consórcio é, basicamente, uma modalidade de compra baseada na população (legal ou natural), e seu objetivo comum é a geração de economia para a compra de serviços e bens móveis e imóveis.

Esses serviços ou mercadorias podem ser veículos, imóveis ou até mesmo cirurgias plásticas.

A formação do grupo é da responsabilidade do gestor do consórcio, que deve ser uma empresa autorizada e fiscalizada pelo banco central.

Além disso, o papel do administrador é gerenciar o grupo e viabilizar o trabalho da aliança. Portanto, taxas de administração precisam ser cobradas.

Como funciona o consórcio?

No sistema de consórcio, o valor de um serviço ou mercadoria é dividido em um período pré-determinado no contrato, e todos os participantes do grupo devem fazer contribuições durante esse período.

Portanto, a cada mês (ou em outro intervalo de tempo descrito no contrato), o administrador fornece a um ou mais membros do grupo o crédito pelo valor do serviço ou bens do contrato até que todos os participantes estejam cobertos

Existem duas maneiras de obter essa carta de crédito: por meio de licitação ou por sorteio.

Quando a cota de um membro é concedida, pense em uma loteria, que ocorre dentro de um período de tempo predeterminado, que pode ser uma vez a cada duas semanas, uma vez por mês e assim por diante.

Quando um participante é selecionado, ele pode usar sua carta de crédito para comprar serviços ou bens sem ter que pagar nenhuma taxa além das parcelas do consórcio.

Por outro lado, o pensamento por licitação é feito por meio de leilões, que também são realizados regularmente.

O processo é muito simples: o membro que fornecer o maior valor em dinheiro receberá o benefício.

Consórcio X Investimento

Embora muitas pessoas pensem que o consórcio é uma forma de investimento, essa afirmação não é correta.

Um consórcio não é um investimento. Porque o valor pago é maior que o preço de compra do serviço ou mercadoria.

Isso ocorre porque as taxas de gerenciamento adicionais são adicionadas ao custo total.

No entanto, isso não significa que o consórcio não seja uma boa forma de viabilizar o investimento.

Se você tem muitas reservas financeiras, mas ainda não o suficiente para comprar um imóvel, pode ser interessante consultar uma administradora sobre a possibilidade de fazer uma oferta adequada em um curto período de tempo.

Isso porque, de modo geral, a parcela do consórcio é mais barata do que a do empréstimo.

Oferecer um lance bem elaborado será semelhante a pagar um adiantamento sem incorrer em todos os custos relacionados.

Essa é uma prática comum para investidores que desejam adquirir um imóvel para revenda ou aluguel. O critério de seleção é que o lucro com a revenda seja superior à taxa de administração do consórcio.

Este é um investimento lucrativo. No entanto, lembre-se de que investir é a compra de um imóvel. Nesse caso, o consórcio trata dos custos de investimento.

anúncio

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
This div height required for enabling the sticky sidebar