Brasileiros podem usar CNH para dirigir em vários países

PUBLICIDADE

O decreto assinado pelo presidente da República, Michel Temer, permite que brasileiros usem seu yuan offshore para dirigir na Itália. Sob o acordo, o mesmo entendimento se aplicará aos italianos em seu próprio território. O Brasil tem o mesmo acordo com vários países; conheça alguns:

Itália

Com o decreto assinado nesta semana, a CNH do Brasil não é mais válida para dirigir na Itália após um ano de residência legal no país. Documentos circulados no Brasil por motoristas italianos não são mais válidos após 180 dias da entrada.

Uruguai

Nota: Os motoristas pegos bebendo e dirigindo serão multados, terão a carteira de habilitação apreendida e o veículo apreendido. A reclamação da autoridade policial é válida se o teste de álcool for recusado.

América

É possível alugar um veículo e dirigir apenas com a carteira de motorista.

Brasileiros viajam a turismo, mas o Itamaraty recomenda que você obtenha uma Permissão Internacional para Dirigir (PID) brasileira antes de viajar. Ambos os documentos devem ser apresentados ao mesmo tempo.

Colômbia

Brasileiros que viajam na Colômbia podem apresentar Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que é válida pelo período de permanência autorizado ao entrar no país e permite dirigir até lá. Opções: Os táxis são fáceis de encontrar e de baixo custo.

Venezuela

Uma alternativa ao uso de CNH brasileira é alugar um carro no país. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros (Itamarati), os preços cobrados são comparáveis ​​ao Brasil.

Panamá

Os motoristas brasileiros podem usar sua CNH dentro do país por até 90 dias. Então, você precisará obter uma carteira de motorista do Panamá. Os cidadãos sem documentos serão multados, interrogados e detidos.

Marrocos

O CNH é válido por até um ano no país. Após este período, os cidadãos brasileiros devem passar por um teste marroquino para obter uma carteira de motorista local.

Espanha

O Yuan offshore no Brasil é aceito no país com uma autorização de condução internacional. Vale a pena notar que, como o Brasil, as autoridades espanholas têm tolerância zero para qualquer porcentagem de álcool no sangue durante a condução.

Cuba

A habilitação brasileira é válida por até seis meses contados da entrada do cidadão no país. A rede rodoviária total de Cuba é de aproximadamente 68.395 km de vias, e existem duas vias que atravessam todo o território: a Rodovia Central e a Autopista Nacional.

PUBLICIDADE

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
This div height required for enabling the sticky sidebar