Novo HR-V, da Honda, chega a partir de R$ 70 mil

LANÇAMENTO NACIONAL. Novo utilitário-esportivo (SUV) compacto da Honda chega em três versões: LX (a única ofertada com câmbio manual de seis marchas (a partir de R$ 69.900), EX (a partir de R$ 80.400) e EXL (a partir de R$ 88.700). Equipado com motor bicombustível de 140 cv, modelo tem boa oferta de conteúdo e um pacote de segurança que inclui controles eletrônicos de tração e estabilidade (VSC) para toda a linha. A tração é apenas dianteira e, apesar de mirar o Ford EcoSport, o HR-V terá trabalho, mesmo, com o Jeep Renegade, que já está na boca do forno.

lancamentonacional-HondaHRV(1)

Honda HR-V: linhas combinam elementos dos utilitários-esportivos (SUV) com o perfil dos cupês; tração é dianteira, mas controles eletrônicos de tração e estabilidade (VSC) são itens de série para toda a linha

Depois de uma apresentação a conta-gotas, a Honda finalmente revela o HR-V por inteiro e em todos os seus detalhes. O novo utilitário-esportivo (SUV) compacto chega em três versões: LX (a única ofertada com câmbio manual de seis marchas, a partir de R$ 69.900), EX (a partir de R$ 80.400) e EXL (a partir de R$ 88.700). O motor bicombustível FlexOne 1.8 litro 16V, de 140 cv, é comum a todas e os modelos intermediário e topo de linha são equipados com a transmissão automática (CVT) de variação contínua – no catálogo mais avançado, o sistema conta com modo sequencial, que emula sete velocidades, e aletas no volante para trocas manuais. A tração é dianteira e os controles eletrônicos de tração e estabilidade (VSC) são itens de série para toda a linha.

O HR-V se posiciona imediatamente abaixo do irmão maior, CR-V – que conta com motorização flexível 2.0 litros 16V, de 155 cv, e parte de R$ 98.900. Seu valor inicial é 5% mais alto que o da versão de entrada do Ford EcoSport (SE, parte de R$ 66.200), mas sua oferta de conteúdo não decepciona e inclui banco do motorista com regulagem de altura, volante com ajustes de altura e profundidade da coluna, direção com assistência elétrica (MA-EPS) inteligente, ar-condicionado, trio elétrico (vidros, travas e retrovisores), rádio com CD, leitor MP3, entradas USB e para iPod, além de viva-voz Bluetooth para telefone celular, rodas de liga leve e bolsas infláveis frontais.

Desenvolvido sobre a mesma base da atual geração do Fit, o HR-V também tem suas exclusividades, como o freio de estacionamento com acionamento elétrico (EPB), que abole o freio de mão, e função de retenção (Brake Hold) que “segura” o SUV na hora de arrancar em aclives ou manobrar em declives – o jipinho ainda conta com o Hill Start Assist (HSA).

A versão EX acrescenta à LX volante revestido em couro, tela sensível ao toque de 5 polegadas com câmera de ré, controlador de velocidade (piloto automático) e faróis auxiliares. Já a EXL soma a estas os bancos em couro, a climatização automática, uma tela sensível ao toque maior, de 7 pol, com navegador por satélite (GPS) embarcado, entrada HDMI e roteamento sem fio (Wi-Fi) para acesso à internet, além de airbags laterais.

Com 4,29 metros de comprimento, o HR-V é 5 cm maior que o EcoSport, atual líder de vendas entre os utilitários-esportivos, no Brasil – vale lembrar que, no caso do Ford, o estepe de montagem externa, na tampa do porta-malas, dá uma “esticada” na sua medida. Por falar no bagageiro, o Honda também leva vantagem neste quesito, com uma capacidade volumétrica de 437 litros, contra 362 l do EcoSport – e isso com uma carroceria 10 cm mais baixa.

Apesar de mirar o modelo da Ford, o Hondinha terá trabalho, mesmo, com o Jeep Renegade, que já está na boca do forno e promete um pacote técnico bem superior ao da concorrência atual. Bom, é esperar para ver!

lancamentonacional-HondaHRV(2) lancamentonacional-HondaHRV(6)

Por dentro, versão ELX traz bancos em couro, climatização automática e tela sensível ao toque de 7 pol, com navegador por satélite (GPS) embarcado

lancamentonacional-HondaHRV(5) lancamentonacional-HondaHRV(4)

Motor flexível de 140 cv é combinado ao câmbio manual de seis marchas ou à transmissão automática (CVT) continuamente variável; modelo topo de linha traz ‘shift paddles’ e emulador de sete velocidades
CRÉDITO – FOTOS HONDA/Divulgação
 

Leia mais sobre Honda

 
 
 

Últimas Avaliações

 
 

Videos

 
 

Inscreva no canal

 
 
 
 
 
by preguicaalheia.com